Data Base Copel - 2017/2018

19 de set de 2017



Foi dado abertura na negociação com a palavra do Diretor Financeira Adriano Moura.
Apresentou a situação real da empresa, vamos a luta!




19/09/2017 -
Discutindo sobre avaliação de desempenho!
Continua a discussão sobre as clausulas administrativas .

20/09/2017 -
Ainda discutindo as clausulas administrativas.

Estamos aguardando os índices de reposição...

PROPOSTA INICIAL - UMA VERGONHA

INACEITAVEL


RETORNAREMOS A TARDE E REJEITAMOS A PROPOSTA EM MESA.










CONSELHO PRÓPRIO,UM SONHO PRÓXIMO, ESTAMOS NA LUTA...

26 de ago de 2017


Acordo Coletivo de Trabalho Copel 2017/2018 - PAUTA UNIFICADA

31 de jul de 2017










APOSENTADORIA ESPECIAL SERÁ DEBATIDA

Aposentadoria especial será debatida em audiência pública na CDH na terça-feira

Aposentadoria especial será tema de audiência pública interativa na Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa (CDH) nesta terça-feira (1º). A audiência, requerida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), é a décima reunião do ciclo de debates sobre as reformas trabalhista e previdenciária.

A lei contempla a aposentadoria especial para algumas categorias, como por exemplo, policiais e professores que têm o direito com 30 anos de contribuição para homens e 25 para mulheres.

O benefício da aposentadoria especial é concedido para profissionais de atividades que apresentem riscos à saúde ou que comprometam à integridade física do trabalhador. Os riscos devem se encaixar em condições de trabalho insalubres ou periculosas.

Neste tipo de aposentadoria não é exigido uma idade mínima e não há aplicação do Fator Previdenciário. Uma outra vantagem é que a aposentadoria especial exige menor tempo de contribuição para a Previdência.

A aposentadoria é concedida a quem comprova o exercício do trabalho em condições insalubres ou periculosas expostas aos agentes nocivos constantes na lei pelo período de 15, 20 ou 25 anos conforme a agressividade do agente a que o trabalhador esteve exposto. Além disso, é necessário ter no mínimo 180 meses de contribuição na Previdência Social.

Reformas
A reforma trabalhista foi aprovada no Senado antes do recesso parlamentar e já está vigor na forma da Lei 13.467/2017. No Senado, o projeto foi analisado por três comissões antes de ir a Plenário, mas nenhuma alteração foi feita no texto aprovado pelos deputados para que a matéria não tivesse que retornar à Câmara.

Uma das alterações promovidas pela reforma é a regulamentação do trabalho intermitente, no qual a prestação de serviços não é contínua. Nesse tipo de trabalho é permitido alternar períodos de prestação de serviços e de inatividade, determinados em horas, dias ou meses, independentemente do tipo de atividade do empregado e do empregador.

Já a reforma previdenciária, em tramitação na Câmara dos Deputados (PEC 287), está sendo analisada também em Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado, instalada em abril deste ano. A comissão já ouviu representantes do governo, centrais sindicais e os maiores devedores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Convidados
Foram convidados para a audiência sobre a aposentadoria especial Ubiraci Dantas de Oliveira, presidente da Central Geral dos Trabalhadores do Brasil; Carlos Silva, presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho; Luís Antônio de Araújo Boudens, presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais; Heleno Manoel Gomes de Araújo Filho, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação; e Emerson Cordeiro Pacheco, diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde.

A lista de convidados inclui o coordenador-geral de Política de Seguro Contra Acidentes do Trabalho da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, Paulo César Andrade Almeida, e representantes de sindicatos e de confederações nacionais de categorias profissionais.

A audiência está marcada para às 9h, na sala 2 da Ala Nilo Coelho, no Anexo II do Senado.
Fonte: Agência Senado

PPR SANEPAR 2016/2017 FOI APROVADO PELA CATEGORIA EM ASSEMBLEIAS REALIZADAS NO ESTADO DO PARANA.

27 de jun de 2017




Encerrada às assembleias no estado, os técnicos que se opuserem ao desconto da taxa assistencial de R$ 50,00(cinquenta reais) deverão enviar ao sindicato a carta de Oposiçao ao desconto até o dia 06/07/2017. E o valor de R$ 9.158,27(nove mil cento e cinquenta e oito reais e vinte sete centavos) de forma linear a todos os tecnicos, será pago junto ao pagamento do salário no mês de julho de 2017.

ASSEMBLEIAS PARA DELIBERAR PPR 2016/2017 SANEPAR

13 de jun de 2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA
GERAL EXTRAORDINÁRIA


O Diretor-Presidente do SINDICATO DOS TÉCNICOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO PARANÁSINTEC/PR, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os técnicos empregados da SANEPAR representados por este Sindicato, mesmo que não sejam associados, para comparecerem à Assembléia Geral Extraordinária da categoria, a serem realizadas nos seguintes locais e datas:

LONDRINA 
19 de junho – Segunda-feira –16 horas
Sala de Reunião – Rua Jaguaribe, 600

MARINGÁ 
20 de junho – Terça-feira – 8h30
Sala de Reunião (vídeo) USPONO – Rua Pedro Taques, 1301

CASCAVEL 
20 de junho – Terça-feira – 16h
Sala de Reunião USPOSO – Rua Tancredo Neves, 1040

FRANCISCO BELTRÃO
22 de junho – Quinta-feira – 9h
SANEPAR – Sala de Reunião – Rua Curitiba, 1977

PATO BRANCO
22 de junho – Quinta-feira – 11h
Sala USEM – Rua Clarice Siqueira, 185

GUARAPUAVA
22 de junho – Quinta-feira – 16h
URGA – Sala da Tertúlia – Rua Wilson Silvério Martins, 577

PONTA GROSSA
23 de junho – Sexta-feira – 9h
USPOSD– Sala de Reunião – Rua Visconde de Mauá, 1731

CURITIBA
26 de junho – Segunda-feira – 16h
Bar do Lica – Rua Engenheiro Rebouças, 1376

Ordem do Dia: Deliberar Proposta PPR –2016/ 2017

Curitiba, 12 de junho de 2017
Solomar Pereira Rockembach
Diretor Presidente do SINTEC - PR

7 de jun de 2017

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA
GERAL EXTRAORDINÁRIA


O Diretor-Presidente do SINDICATO DOS TÉCNICOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO PARANÁ – SINTEC/PR, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os técnicos empregados da   COPEL, representados por este Sindicato, mesmo que não sejam associados, para comparecerem à Assembléia Geral Extraordinária Estadual da categoria, a ser realizada em data de 08.06.2017, às 17h:00min em primeira convocação e ás 17h:30min em segunda convocação, na sede do SINTEC/PR, sito à Rua Tibagi, nº 592 Curitiba – Paraná, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia:


1-) Elaboração da Pauta Reivindicatória da categoria com vistas à celebração do ACT – COPEL - 2017/2018.


Curitiba, 05 de junho de 2017.


Solomar Pereira Rockembach
Diretor – Presidente do SINTEC